Compreendendo a Cinética de Cristalização - METTLER TOLEDO

Compreendendo a Cinética de Cristalização

Controle de Supersaturação Otimiza Tamanho e Forma de Cristais

Guia para o Desenvolvimento de Cristalização
Perfis de Supersaturação
Taxas de Resfriamento Não Lineares para Supersaturação Constante
Controle de Supersaturação Automatizado
Análise do Tamanho de Partículas para Otimização do Processo

Aplicações

Aplicações para Compreender a Cinética de Cristalização

Identificação e Controle do Polimorfismo
Compreenda o Polimorfismo e o Impacto dos Parâmetros do Processo

O polimorfismo é um fenômeno comum com muitos sólidos cristalinos na indústria farmacêutica e de química fina. Os cientistas cristalizam deliberadamente um polimorfo desejado para melhorar as propriedades de isolamento, ajudar a superar os desafios do processo nas etapas posteriores, aumentar a biodisponibilidade ou evitar conflitos de patentes. A identificação de transformações polimórficas e morfológicas in situ e em tempo real elimina a perturbação inesperada do processo, o produto fora da especificação e o caro reprocessamento de material.

Otimização das Propriedades dos Cristais e Desempenho de Processo

O cientista recristaliza compostos químicos de alto valor para obter um produto de cristal com as propriedades físicas desejadas a uma eficiência de processo excelente. Sete etapas são necessárias para elaborar o processo ideal de recristalização, desde a escolha do solvente correto à obtenção de um produto de cristal seco. Este guia de recristalização explica passo a passo o procedimento de desenvolvimento do processo de recristalização. Ele explica quais informações são necessárias em cada etapa de recristalização e define como controlar parâmetros críticos de processo

Solubility and Metastable Zone Width (mzw) Determination
Os Blocos de Construção da Cristalização

As curvas de solubilidade são geralmente empregadas para ilustrar a relação entre solubilidade, temperatura e tipo de solvente. Ao representar a solubilidade em relação à temperatura com um gráfico, os cientistas podem criar o quadro necessário para desenvolver o processo de cristalização desejado. Depois que um líquido de solvente apropriado é escolhido, a curva de solubilidade torna-se uma ferramenta indispensável para o desenvolvimento de um processo de cristalização eficaz.

Crystal Nucleation and Growth
A Força Impulsora do Crescimento e da Nucleação de Cristais

Os cientistas e engenheiros obtêm o controle dos processos de cristalização, controlando minuciosamente o nível de supersaturação durante o processo. A supersaturação é a força impulsora da nucleação e do crescimento da cristalização e acaba por determinar a distribuição final de tamanho dos cristais.

Measure Crystal Size Distribution
Aprimorar a Cristalização com Medição Inline do Tamanho, da Forma e da Quantidade de Partículas

As tecnologias baseadas em sonda, internas ao processo, são aplicadas para controlar as alterações no tamanho e na forma das partículas em concentração total, sem a necessidade de qualquer diluição ou extração. Controlando a taxa e o grau de alteração de partículas e cristais em tempo real, é possível otimizar os parâmetros corretos do processo para o desempenho da cristalização.

Protocolo de Cristalização por Semeadura
Projeto e Otimização do Protocolo de Semeadura para Melhor Consistência de Lote

A semeadura é uma das etapas mais importantes na otimização do comportamento da cristalização. Ao desenvolver uma estratégia de semeadura, é preciso considerar parâmetros como tamanho de semente, carregamento de sementes (massa) e temperatura durante a adição de sementes. Esses parâmetros são geralmente otimizados com base na cinética do processo e nas propriedades desejadas da partícula final, e devem permanecer consistentes durante o aumento de escala e a transferência de tecnologia.

Efeito Oiling Out na Cristalização
Detecte e evite a separação do óleo (separação de fases líquido-líquido)

A separação de fases líquido-líquido, ou efeito oiling out, é um mecanismo de partículas frequentemente difícil de detectar que pode ocorrer durante processos de Cristalização. Saiba mais.

Particle Engineering and Wet Milling
Control Particle Size With High Shear Wet Milling

Milling of dry powders can cause significant yield losses and can generate dust, creating health and safety hazards. In response to this, wet milling produces particles with a specifically designed size distribution. It is now common to employ high shear wet milling to break large primary crystals and agglomerates into fine particles.

Adição de Antissolvente em Supersaturação
Como a Adição de Solvente Pode Controlar o Tamanho e a Contagem de Cristais

Em uma cristalização de antissolvente, a taxa de adição de antissolvente, o local da adição e a mistura afetam a supersaturação local em um recipiente ou tubulação. Cientistas e engenheiros modificam o tamanho e a contagem de cristais por meio do ajuste do protocolo de adição de antissolvente e do nível de supersaturação.

Efeitos da Temperatura no Tamanho e na Forma da Cristalização
Controle de Supersaturação Otimiza Tamanho e Forma de Cristais

O perfil de resfriamento tem um grande impacto na supersaturação e na cinética da cristalização. A temperatura do processo é otimizada para corresponder à área de superfície de cristais a fim de obter o crescimento ideal em comparação à nucleação. Técnicas avançadas oferecem controle de temperatura para modificar a supersaturação e o tamanho e a forma de cristais.

Efeitos da Temperatura no Tamanho e na Forma da Cristalização
Aumento de Escala de Agitação, Dosagem e Cristalização

Mudar a escala ou as condições de agitação em um cristalizador pode afetar diretamente a cinética do processo de cristalização e o tamanho do cristal final. Efeitos de transferência de calor e massa devem ser considerados para sistemas de resfriamento e antissolvente, respectivamente, em que a temperatura ou os gradientes de concentração podem produzir falta de homogeneidade no nível de supersaturação predominante.

Desenvolvimento de Processos Químicos e Aumento de Escala
Design Robusto e Processos Químicos Sustentáveis para a Transferência mais Rápida para Planta Piloto e Produção

Design Robusto e Processos Químicos Sustentáveis para a Transferência mais Rápida para Planta Piloto e Produção

Estudos de Cinética da Reação Química
Estudo de Taxas de Reação Química e Medição de Cinética Em Linha

Os estudos de cinética da reação química in situ oferecem uma compreensão e um caminho aprimorados do mecanismo de reação, fornecendo dependências de concentração dos componentes da reação em tempo real. Dados contínuos ao longo do percurso de uma reação permite calcular as leis de taxa com menos experimentos devido à natureza abrangente dos dados.  A Análise Cinética do Progresso da Reação (RPKA) usa dados in situ sob concentração sinteticamente relevantes e captura informações ao longo de todo o experimento, garantindo que todo o comportamento da reação possa ser descrito com precisão.

cristalização de proteínas
Criação de Retículos Estruturados e Organizados para Macromoléculas Complexas

A cristalização de proteínas é o ato e o método de criação de retículos estruturados e organizados para macromoléculas frequentemente complexas.

Recover Lactose With High Yield and Scalable Process

Lactose crystallization is an industrial practice to separate lactose from whey solutions via controlled crystallization.

Identificação e Controle do Polimorfismo

O polimorfismo é um fenômeno comum com muitos sólidos cristalinos na indústria farmacêutica e de química fina. Os cientistas cristalizam deliberadamente um polimorfo desejado para melhorar as propriedades de isolamento, ajudar a superar os desafios do processo nas etapas posteriores, aumentar a biodisponibilidade ou evitar conflitos de patentes. A identificação de transformações polimórficas e morfológicas in situ e em tempo real elimina a perturbação inesperada do processo, o produto fora da especificação e o caro reprocessamento de material.

O cientista recristaliza compostos químicos de alto valor para obter um produto de cristal com as propriedades físicas desejadas a uma eficiência de processo excelente. Sete etapas são necessárias para elaborar o processo ideal de recristalização, desde a escolha do solvente correto à obtenção de um produto de cristal seco. Este guia de recristalização explica passo a passo o procedimento de desenvolvimento do processo de recristalização. Ele explica quais informações são necessárias em cada etapa de recristalização e define como controlar parâmetros críticos de processo

Solubility and Metastable Zone Width (mzw) Determination

As curvas de solubilidade são geralmente empregadas para ilustrar a relação entre solubilidade, temperatura e tipo de solvente. Ao representar a solubilidade em relação à temperatura com um gráfico, os cientistas podem criar o quadro necessário para desenvolver o processo de cristalização desejado. Depois que um líquido de solvente apropriado é escolhido, a curva de solubilidade torna-se uma ferramenta indispensável para o desenvolvimento de um processo de cristalização eficaz.

Crystal Nucleation and Growth

Os cientistas e engenheiros obtêm o controle dos processos de cristalização, controlando minuciosamente o nível de supersaturação durante o processo. A supersaturação é a força impulsora da nucleação e do crescimento da cristalização e acaba por determinar a distribuição final de tamanho dos cristais.

Measure Crystal Size Distribution

As tecnologias baseadas em sonda, internas ao processo, são aplicadas para controlar as alterações no tamanho e na forma das partículas em concentração total, sem a necessidade de qualquer diluição ou extração. Controlando a taxa e o grau de alteração de partículas e cristais em tempo real, é possível otimizar os parâmetros corretos do processo para o desempenho da cristalização.

Protocolo de Cristalização por Semeadura

A semeadura é uma das etapas mais importantes na otimização do comportamento da cristalização. Ao desenvolver uma estratégia de semeadura, é preciso considerar parâmetros como tamanho de semente, carregamento de sementes (massa) e temperatura durante a adição de sementes. Esses parâmetros são geralmente otimizados com base na cinética do processo e nas propriedades desejadas da partícula final, e devem permanecer consistentes durante o aumento de escala e a transferência de tecnologia.

Efeito Oiling Out na Cristalização

A separação de fases líquido-líquido, ou efeito oiling out, é um mecanismo de partículas frequentemente difícil de detectar que pode ocorrer durante processos de Cristalização. Saiba mais.

Particle Engineering and Wet Milling

Milling of dry powders can cause significant yield losses and can generate dust, creating health and safety hazards. In response to this, wet milling produces particles with a specifically designed size distribution. It is now common to employ high shear wet milling to break large primary crystals and agglomerates into fine particles.

Adição de Antissolvente em Supersaturação

Em uma cristalização de antissolvente, a taxa de adição de antissolvente, o local da adição e a mistura afetam a supersaturação local em um recipiente ou tubulação. Cientistas e engenheiros modificam o tamanho e a contagem de cristais por meio do ajuste do protocolo de adição de antissolvente e do nível de supersaturação.

Efeitos da Temperatura no Tamanho e na Forma da Cristalização

O perfil de resfriamento tem um grande impacto na supersaturação e na cinética da cristalização. A temperatura do processo é otimizada para corresponder à área de superfície de cristais a fim de obter o crescimento ideal em comparação à nucleação. Técnicas avançadas oferecem controle de temperatura para modificar a supersaturação e o tamanho e a forma de cristais.

Efeitos da Temperatura no Tamanho e na Forma da Cristalização

Mudar a escala ou as condições de agitação em um cristalizador pode afetar diretamente a cinética do processo de cristalização e o tamanho do cristal final. Efeitos de transferência de calor e massa devem ser considerados para sistemas de resfriamento e antissolvente, respectivamente, em que a temperatura ou os gradientes de concentração podem produzir falta de homogeneidade no nível de supersaturação predominante.

Desenvolvimento de Processos Químicos e Aumento de Escala

Design Robusto e Processos Químicos Sustentáveis para a Transferência mais Rápida para Planta Piloto e Produção

Estudos de Cinética da Reação Química

Os estudos de cinética da reação química in situ oferecem uma compreensão e um caminho aprimorados do mecanismo de reação, fornecendo dependências de concentração dos componentes da reação em tempo real. Dados contínuos ao longo do percurso de uma reação permite calcular as leis de taxa com menos experimentos devido à natureza abrangente dos dados.  A Análise Cinética do Progresso da Reação (RPKA) usa dados in situ sob concentração sinteticamente relevantes e captura informações ao longo de todo o experimento, garantindo que todo o comportamento da reação possa ser descrito com precisão.

cristalização de proteínas

A cristalização de proteínas é o ato e o método de criação de retículos estruturados e organizados para macromoléculas frequentemente complexas.

Lactose crystallization is an industrial practice to separate lactose from whey solutions via controlled crystallization.

Publicações

Publicações sobre Cinética de Cristalização

White Papers

Entendendo a Cristalização com Microscopia In Situ
Os principais mecanismos dinâmicos para entender os processos de cristalização agora podem ser observados com a microscopia in situ. Um white paper ex...
Desenvolvimento Eficaz do Processo de Cristalização
A qualidade do processo de cristalização influencia muito na qualidade do produto final. Nosso novo white paper apresenta os fundamentos da cristaliza...
Estratégias para Controlar a Distribuição de Tamanho do Cristal
Este white paper discute estratégias para otimizar a distribuição de tamanho do cristal durante o desenvolvimento do processo e a fabricação.
Melhore a Cristalização Industrial
A cristalização industrial é uma etapa importante de separação e purificação na indústria química. Um white paper mostra como a tecnologia de partícul...
Processo de Cristalização por Semeadura
A semeadura é uma etapa chave na melhoria de um processo de cristalização, garantindo uma taxa de filtração consistente, rendimento, forma polimórfica...
Aumento de Escala de Cristalização de Lote do Laboratório para a Fábrica
Monitoramento de cristalização em tempo real é demonstrado para fornecer benefícios que levam a métodos melhorados para desenvolvimento de processo, o...
Boas práticas para desenvolvimento de cristalizações
This white paper demonstrates the methodology chemists use to optimize critical crystallization parameters such as: Temperature profile Addition rates...
Análise do Tamanho de Partículas para Otimização de Processos
Este Informativo Técnico apresenta algumas das técnicas de análise do tamanho de partículas mais comuns e como elas podem ser implementadas de forma e...

Webinars

Design Baseado em PAT de Cristalizações Contínuas
Discute-se uma metodologia de design habilitada de PAT (Tecnologia Analítica de Processo) que permita a avaliação rápida de várias cristalizações cont...
Eliminating Micronization Using Fine Particle Crystallization
Crystal engineering is applied when the crystal size distribution is too large to meet downstream specifications. By designing the crystallization to...
Calibration Free Supersaturation Assessment
The quantitative use of in situ ATR-FTIR for real time supersaturation assessment has been extremely well defined within the literature. However, thes...
metastable zone width (MSZW) crystallization
The webinar focuses on a semi-quantitative method for the optimization and scale-up of hydrodynamically limited anti-solvent crystallization process....
Improving Crystallization and Precipitation
This webinar introduces case studies and highlights best practices used to overcome crystallization and precipitation challenges. The focus will be on...

Produtos Relacionados

Tecnologia para Cinética de Cristalização

21 CFR Part 11 Compliant Instruments
Evaluation of Measurement Uncertainty in Titration Webinar
Wine Analysis Made Easy - Ready-to-use titration wine applications
High-Speed DSC – Obtain Unique Insights into Your Materials
Thermal Analysis Techniques for the Chemical Industry – Theory and Applications
Food and beverages applications collection
Thermal Analysis Guide
Karl Fischer Titration Guides
Good Titration Practice™ Polyols and Polymers Webinar
Heat capacity determination of metals above 700 °C
Automated Performance Verification – Advances in UV VIS Spectroscopy
Differential Scanning Calorimetry (DSC) Webinar
Thermal Analysis Applications for the Characterization of Food
UV/VIS Spectrophotometry Fundamentals Guide
Know the Risk of Your pH Measurement
Selected Applications Titration of Metals in the Mining Industry
Ion Selective Electrode Guide – Theory and Practice
Refractive Index Measurement Guide
Smart BRIX Standard Preparation - For Calibration of Refractometers
Metals Titration in the Mining Industry Webinar
Density Measurement Guide
How to Measure pH in Small Samples
The Characterization of Pharmaceuticals Using Thermal Analysis
Salt Content Determination Guide
pH Toolbox for Life Sciences
Free Application Notes for Melting Point
Life Science Toolbox for UV/VIS Spectroscopy
Thermal Analysis Applications for the Petrochemical Industry
ProdX™
pH Theorie Guide
Esta página não está otimizada para o seu navegador. Considere usar um navegador diferente ou atualize seu navegador para a versão mais recente para garantir a melhor experiência.