Técnicas de Pipetagem | BPP – Boas Práticas de Pipetagem da Rainin
 

Boas Práticas de Pipetagem

Técnicas de Pipetagem para Impulsionar Seu Desempenho

Melhore a qualidade dos seus dados com Good Pipetting Practice™ (Boas Práticas de Pipetagem™) – Abordagem abrangente e sistemática da METTLER TOLEDO para maximizar a precisão e repetibilidade da pipetagem.

As BPP abordam muitos tópicos relevantes para os pesquisadores de biociências ou qualquer pessoa que utilize pipetas regularmente: 

  • Entenda a variedade de pipetas e instrumentos de manipulação de líquidos e as opções disponíveis
  • Conhecimento para otimizar seu fluxo de trabalho em pipetagem
  • Obtenha as competências necessárias em pipetagem para produzir dados confiáveis
  • Entenda como a ergonomia na pipetagem pode influenciar a produção de dados e o seu próprio bem-estar
  • Reconheça os riscos associados às pipetas fora de calibração e a função das verificações periódicas em relação aos serviços profissionais para pipetas.

Cinco Técnicas de Pipetagem para Impulsionar Seu Desempenho

As dicas e truques a seguir são um breve resumo de um dos muitos tópicos abordados nos nossos seminários e e-learnings de BPP.

Aqui estão alguns dos erros mais comuns nas técnicas de pipetagem e como evitá-los.

  1. 1. Profundidade incorreta de imersão da ponteira

    A profundidade correta de imersão da ponteira pode aumentar a precisão em até 5%. A ponteira deve ser imersa entre 1–2 mm, para pipetas de microvolume, e até 3–6 mm para pipetas normais, dependendo do tamanho da ponteira. Se a ponteira for imersa demais, o volume do gás na ponteira será comprimido, fazendo com que muito líquido seja aspirado.
  2. 2. Ângulo incorreto de pipetagem

    O ângulo de imersão da ponteira de sua pipeta na amostra deve ser o mais vertical possível e não deve desviar mais de 20 graus da vertical. Um ângulo mais horizontal faz com que muito líquido entre na ponteira, resultando em aspiração imprecisa. Por exemplo, em um ângulo de 30 graus em relação à vertical, até 0,7% pode ser aspirado excesso de líquido de até 0,7%.
  3. 3. Dispensação inconsistente

    É possível obter maior precisão e reprodutibilidade para cada amostra certificando-se de que a última gota restante seja totalmente dispensada e não adira à extremidade da ponteira. Para a maioria das aplicações, recomenda-se dispensar com a extremidade da ponteira que está contra a parede do recipiente, pois reduz ou elimina a quantidade remanescente da amostra na ponteira. Essa técnica pode aumentar a precisão em 1% ou mais.
  4. 4. Falha ao pré-enxaguar

    Dispensar o líquido de uma pipeta deixa uma camada do líquido na ponteira, tornando o volume expelido um pouco menor do que realmente deveria ser. Ao pré-enxaguar uma nova ponteira pelo menos duas vezes com o líquido a ser usado, condicionará a parte interna da ponteira.
  5. 5. Ritmo inconsistente da pipetagem

    Use um ritmo de pipetagem consistente entre cada amostra. Evite se apressar ou executar operações rápidas e entre no ritmo para cada etapa do ciclo de pipetagem.

Essas cinco técnicas simples podem, por si só, ter um grande impacto em seus resultados; porém, há ainda algumas coisas a se considerar.

Como parte do programa Good Pipetting Practice™ (Boas Práticas de Pipetagem™), a METTLER TOLEDO desenvolveu uma Verificação de Riscos rápida para ajudá-lo a avaliar seus riscos pessoais de pipetagem e saber como reduzi-los. Você obterá um Relatório de Análise de Risco personalizado, que poderá ser visualizado e impresso on-line.

BPP é o que você precisa para melhorar a precisão de sua pipetagem e reconhecer quando suas pipetas não estão funcionando de maneira apropriada.

A Verificação de Riscos das Boas Práticas de Pipetagem
Minimizam os riscos relacionados ao fluxo de trabalho da pipetagem

Levará apenas alguns minutos para avaliar os riscos de sua pipetagem e obter algumas dicas úteis sobre como reduzir esses riscos.

Certificado de BPP

Obtenha o Certificado de BPP agora

Você sabia que pode solicitar um certificado se você já participou de um seminário de BPP?
Clique no link e siga as instruções para obter seu próprio certificado de treinamento em BPP personalizado.

Literatura sobre Pipetagem  

Acesse os catálogos de pipetagem e outros materiais relacionados às Boas Práticas de Pipetagem.

 
 
 
 
 
 
 
Thank you for visiting www.mt.com. We have tried to optimize your experience while on the site, but we noticed that you are using an older version of a web browser. We would like to let you know that some features on the site may not be available or may not work as nicely as they would on a newer browser version. If you would like to take full advantage of the site, please update your web browser to help improve your experience while browsing www.mt.com.