Teste de resíduo não volátil - determinação gravimétrica de teor de RNV

Teste de resíduo não volátil - determinação gravimétrica de teor de RNV

Medição precisa de teor de RNV como um importante parâmetro de controle de qualidade

Preciso testar várias peças eletrônicas quanto a contaminantes. Como posso aumentar a eficiência para fazer o teste de RNV mais rapidamente?

Escolha uma microbalança com tempo de estabilização rápido. Certifique-se que ela esteja instalada em uma mesa de pesagem dedicada para reduzir as vibrações. Isso ajudará a balança a estabilizar ainda mais rapidamente. As microbalanças XPR ajudam a tornar os processos de pesagem mais eficientes com uma câmara de pesagem de fácil acesso e, com a adição do sensor infravermelho SmartSens, as portas do protetor de vento podem abrir e fechar com um movimento da mão.

Como posso ter certeza de que o meu POP está sendo seguido?

Conecte a sua microbalança METTLER TOLEDO ao software de laboratório LabX. O teste de RNV pode ser implementado no LabX conforme o seu POP. Quando a aplicação é executada, o LabX fornece uma orientação ao usuário passo a passo na balança. Cada passo exige uma verificação do usuário, então você pode ter certeza de que o POP está sendo exatamente seguido. Você se beneficia de amostras totalmente rastreadas, gerenciamento automático de dados, relatórios customizados e maior produtividade

Qual balança preciso usar para atender ao ASTM E1235?

Cada padrão pode ter requisitos levemente diferentes. Por exemplo, o ASTM E1235 estipula o uso de uma balança com resolução de até 5 casas decimais (0,01 mg) ou mais. O recipiente de tara deve ter ao menos 30 g e a tolerância do processo ser de +/- 0,01 mg.

O padrão mundial de pesagem da METTLER TOLEDO, o GWP®, ajuda você a escolher a balança certa para atender aos seus requisitos de aplicação. Peça ao seu representante local por uma recomendação gratuita de balança.

GWP® Recommendation

Eu trabalho na indústria eletrônica. Como faço para relatar a precisão da determinação de RNV?

A precisão geral da determinação de RNV será influenciada por uma série de diferentes fatores. Os padrões da IDEMA relacionados aos componentes usados dentro de unidades de disco especificam que os seguintes itens devem ser inclusos no relatório: a precisão da balança usada, o RNV do teste de solvente em branco e os resultados de todas as replicações do teste, bem como quaisquer outros fatores observados durante a amostragem e manuseio do equipamento.

Leva tempo para escrever todos os valores de peso e calcular os resultados em uma calculadora, e é fácil de cometer um erro. Como posso melhorar esse processo?

A transcrição manual de dados é trabalhosa e uma grande fonte de erros. Tais erros podem ser totalmente eliminados ao conectar a sua balança ao software LabX. O LabX salva automaticamente todos os valores de peso de forma segura em um banco de dados centralizado e todos os cálculos são realizados automaticamente. Além disso, você se beneficia da orientação completa de POP ao usuário, processos customizados e rastreabilidade total. O LabX também o ajuda a cumprir com o 21 CFR parte 11.

Como posso relatar a incerteza de medição do peso líquido?

Se a pesagem diferencial for realizada, os dois passos de pesagem (por exemplo, tara ou peso em branco e repesagem de recipiente +/- substância) são ações estatisticamente independentes.
Para medições múltiplas (pesagem diferencial), você precisa da soma de cada incerteza de cada pesagem. Quando apenas dois pesos forem registrados (uma contrapesagem) e a diferença de massa for bem pequena, a equação pode ser simplificada: a incerteza de duas tarefas separadas de pesagem é 1,41x maior do que aquela de uma única tarefa (se a diferença de massa for muito pequena). -> Aumente o fator de segurança em 1,4x ou use o fator de segurança = ~3 (2 x 1,41)

Resíduos não voláteis - teste gravimétrico

Vá para uma das próximas seções para explorar e aprender mais:

  1. Fluxo de Trabalho e Desafios da Aplicação
  2. Soluções da METTLER TOLEDO
  3. FAQ

 

Fluxo de trabalho do teste de resíduo não volátil.

Fluxo de Trabalho Típico: Teste de Resíduo Não Volátil — Determinação Gravimétrica de Teor de RNV

  • Prepare pelo menos duas peças da amostra a ser testada
  • Lave ou enxague cada amostra com um solvente apropriado de alta pureza, conforme o seu tipo de amostra
  • Colete o solvente em um recipiente pré-pesado
  • Prepare uma quantidade “em branco” do mesmo solvente, da mesma forma que um controle para o teste
  • Permita que o grosso do solvente evapore
  • Seque totalmente as amostras em uma temperatura específica por um tempo medido
  • Permita que as amostras secas se equilibrem com a temperatura e umidade ambientes
  • Pese as amostras secas
  • Compare as amostras de teste com a amostra de controle e calcule o teor não volátil
  • Documente o resultado


Conhecimento especializado sobre Teste de RNV

O teste de resíduo não volátil é um procedimento relativamente simples, mas pode ser demorado e complexo de realizar. O processo precisa ser executado com cuidado para minimizar a variabilidade nos resultados.

A determinação gravimétrica do teor de RNV envolve a evaporação do solvente até a secura total. Os níveis de RNV de 0,1 a 100 ppm são típicos, então, nesses casos, recomenda-se o uso de uma microbalança.
 

Padrões Importantes para Determinação Gravimétrica de Resíduo Não Volátil

ASTM E1235: método padrão de teste para determinação gravimétrica de resíduo não volátil (RNV) em áreas ambientalmente controladas usadas para montagem, teste e processamento de veículos espaciais. Esse padrão é usado como referência para teste de muitos tipos diferentes de produtos.

ASTM D1353: método padrão para matéria não volátil em solventes voláteis para uso em tinta, verniz, laca e produtos relacionados. Veja também o ISO 3251 para determinar o teor de matéria não volátil por massa na indústria de tinta e verniz.

A Associação Internacional de Materiais e Equipamentos de Disco Rígido (IDEMA) também publica padrões para a indústria eletrônica, particularmente para testes de contaminação orgânica como resíduos não voláteis em componentes de unidades de disco de computador. A equação publicada pela IDEMA para calcular a massa de RNV por área unitária é a seguinte:


Calcule a massa de RNV por unidade de área unitária da seguinte forma:

Calculation formula for non volatile residue

a = massa do prato de pesagem da amostra mais o resíduo, g

b = massa do prato de pesagem de amostra, limpo, g

c = massa do prato de pesagem em branco mais o resíduo, g

d = massa do prato de pesagem em branco, limpo, g

e = área de superfície da peça, cm2

f = quantidade de peças

 

Especialista em Teste de Resíduo Não Volátil

Desafios de Testes de Resíduo Não Volátil

Solução para Testes de RNV

Non-Volatile Residue Test

Teste RNV — Guia de Micropesagem

Solução de software para determinação gravimétrica de RNV

 

 

FAQ - Perguntas frequentes sobre teste de resíduo não volátil

Produtos Relacionados

Thank you for visiting www.mt.com. We have tried to optimize your experience while on the site, but we noticed that you are using an older version of a web browser. We would like to let you know that some features on the site may not be available or may not work as nicely as they would on a newer browser version. If you would like to take full advantage of the site, please update your web browser to help improve your experience while browsing www.mt.com.