Análise do Tamanho de Partículas para Otimização de Processos - METTLER TOLEDO
White Paper

Análise do Tamanho de Partículas para Otimização de Processos

White Paper

Caracterização de Partículas desde Reatores de Laboratório em Pequena Escala a Tubulações de Produção em Larga Escala

White Paper: Particle Size Analysis for Process Optimization
White Paper: Particle Size Analysis for Process Optimization

Partículas, cristais e gotículas causam problemas para os cientistas. No entanto, as partículas projetadas com precisão terão os atributos de qualidade do produto corretos e simplificarão as operações a jusante.

Com um kit completo de ferramentas de engenharia de partículas, que inclui técnicas de análise em linha e off-line, os cientistas poderão:

  • Criar partículas com as propriedades físicas desejadas
  • Obter indícios para identificar a origem da causa de falhas
  • Documentar o entendimento dos processos e comprovar o controle dos processos
  • Usar dados para dar conta da transferência segura do laboratório para a planta

Este informativo técnico, Análise do Tamanho de Partículas para Otimização de Processos, apresenta algumas das técnicas de medição de partículas de processos mais comuns e como elas podem ser implantadas de forma eficaz para oferecer produtos de partículas de alta qualidade.

Faça o download do documento Análise do Tamanho de Partículas para Otimização de Processos para conhecer as técnicas de solução dos principais problemas com partículas no início do desenvolvimento.

Partículas: Um Problema ou uma Oportunidade?

As partículas, os cristais e as gotículas ocorrem em diversos processos químicos, em uma variedade de setores industriais, e costumam ser desafios para cientistas e engenheiros que ficam encarregados de otimizar a qualidade de produtos e a eficiência dos processos. Caracterizar as propriedades da partícula de forma eficaz, em especial o tamanho e a contagem, permite que os problemas do processo sejam resolvidos e que a qualidade do produto seja melhorada. Antigamente, os cientistas dependiam de analisadores off-line do tamanho das partículas, como a difração a laser ou a peneiração, para realizar esse tipo de caracterização. Mas nos últimos anos, novas tecnologias surgiram, as quais mostram o tamanho e a contagem das partículas em tempo real, à medida que elas surgem no processo. A medição de partículas no processo pode reduzir a falha associada com a amostragem off-line e, ainda, fornecer informações contínuas sobre como as partículas reagem sob condições de processos variáveis, fazendo com que os cientistas compreendam e otimizem processos difíceis usando métodos com base em evidências. A cristalização, em especial, é um processo complicado de formação de partículas em que o tamanho da partícula, após o isolamento, pode ter um grande impacto em todas operações de processamento a jusante. 



 

Referências e Recursos
Thank you for visiting www.mt.com. We have tried to optimize your experience while on the site, but we noticed that you are using an older version of a web browser. We would like to let you know that some features on the site may not be available or may not work as nicely as they would on a newer browser version. If you would like to take full advantage of the site, please update your web browser to help improve your experience while browsing www.mt.com.